Taxa Selic aumenta mais uma vez

Antes de tudo, precisamos saber o que é essa “tal” taxa Selic e de que maneira ela afeta o seu dinheiro. A Selic é um dos principais elementos da estratégia da política monetária do país. Com um papel mais do que importante na vida dos brasileiros, a taxa Selic é a taxa básica de juros da economia, utilizada para financiamento de operações diárias com títulos públicos federais como garantia. Ela influencia todas as demais taxas de juros do país, como as cobradas em empréstimos, financiamentos e até de retorno em aplicações financeiras. Ela também é utilizada para controlar a inflação ou para incentivar a economia a crescer.

O aumento da Taxa Selic

A economia não é estável, por isso a cada 45 dias o Copom (Comitê de Política Monetária – órgão ligado ao Banco Central) se baseia em inúmeros indicadores financeiros para definir a taxa Selic.

No dia 2 de fevereiro, o Copom decidiu aumentar a taxa Selic de 9,25% ao ano para 10,75% ao ano. Esse aumento já é o oitavo consecutivo e marcou a volta da Taxa Selic em dois dígitos, algo que não acontecia desde julho de 2017.

Veja como Selic impacta você e economia

Investimentos

Para sermos bem diretos, o aumento da taxa Selic beneficia investimentos de renda fixa, como CDB, títulos emitidos pelo governo, letras de créditos, entre outros. Todos esses investimentos tendem a pagar mais com uma Selic mais alta. O inverso também é verdadeiro, com uma diminuição da taxa Selic, os investimentos de renda fixa tendem a pagar menos juros.

Crédito

Conforme falado no início do texto, a taxa Selic é a taxa básica de juros da nossa economia. Portanto, ela afeta a maioria dos créditos, financiamentos empréstimos etc. Quando a Taxa Selic aumenta, as modalidades de créditos do Brasil também aumentam. O oposto também é verdadeiro, caso a Taxa Selic diminua, as modalidades de créditos também diminuem.

Que tal um exemplo para entender melhor?

Vamos supor que você vai fazer um financiamento para comprar uma casa ou um carro. Se a taxa Selic estiver alta você vai pagar mais juros no seu financiamento, mas se a taxa estiver baixa você vai pagar menor juros.

Consumo

Esse tópico está diretamente relacionado ao item anterior em que falamos de crédito. Isso acontece, pois, quando os financiamentos e empréstimos ficam mais caros, o consumo tende a diminuir, uma vez que o acesso ao dinheiro (empréstimos, financiamento etc) fica menor, fazendo os consumidores gastarem menos. Quando a Selic aumenta, a tendência é que o consumo diminua e, quando a taxa diminui, o consumo aumenta.

Inflação

A taxa Selic também é usada como uma das formas de controlar a inflação. Esse controle acontece basicamente somando os 2 itens anteriores.  Basicamente, é a lei da oferta e da demanda. Quando a Selic aumenta ou está “alta”, ela visa parar a inflação pela diminuição do consumo.

Quer entender o que é inflação e como mexe no seu bolso? Leia nosso texto especial sobre inflação clicando aqui.

Fonte: Programa A Escolha Certa

Você precisa estar logado para avaliar este conteúdo. 🙂



4 de março de 2022

0 respostas em "Taxa Selic aumenta mais uma vez"

Deixe uma mensagem

Gire a roleta da fortuna!
Kindly get back to your previous orientation view... your wheel is rolling there...

Woou! Que bela jogada! Lembre-se: Sua vida financeira não é uma roleta da sorte, ela precisa de planejamento e disciplina.
Roleta da Fortuna chance especial desbloqueada!
Sua vida financeira não é uma roleta da sorte, ela precisa de planejamento e disciplina. Mas aqui você pode brincar e ganhar pontos. Afinal, um pouco de sorte também cai bem, né? Gire a roleta e boa sorte!
*Você pode girar a roda apenas uma vez por dia.
Você precisa estar logado para girar a roleta!